Wednesday, June 07, 2006

Bailado do Amor Maior

... E, grávida, de amor, se fez paixão
e ao seu silêncio ousou toda a beleza
das luas, tantas, quantas... Da certeza
do véu que envolve a mágica canção.

Barriga... Seios... Ah! Doce estação
que encanta-se em poesia; a Natureza
faz festa e exibe os polens da indefesa
Flor que sussurra um verso temporão.

Como explicar o gozo do momento
de luz no seu olhar, se o encantamento
é bem maior que as rimas do Universo?

Se em sonhos eu lhe vejo solta ao vento,
num bailado de Lua... A vida, o berço...
Nós, astros refletidos num só verso!?

0 Comments:

Post a Comment

Links to this post:

Create a Link

<< Home