Saturday, June 24, 2006

Versos Tortos IX

© Nathan de Castro


“Porque hoje é sábado”
uma borboleta amarela
pousou no meu quintal.
“Porque hoje é sábado”
tem muito colorido lá fora,
muita luz, muito verde
e muito sol...
Não gosto desses dias de sedução.
O meu poeta sempre aparece
com a mania de cantar
esperanças, e sabe perfeitamente
que aprecio as combinações.
O cinza no peito não combina
com o amarelo e muito menos
com todo esse colorido
da estação.

5 Comments:

Anonymous Mônica Chicolet said...

Nathan,

QUe linda!!!!
Contagiante!
/:o)

Beijinhos

June 24, 2006 9:03 PM  
Blogger Vicente said...

This comment has been removed by a blog administrator.

June 24, 2006 9:04 PM  
Anonymous rosa pena said...

"Hoje é sábado, amanhã é domingo Amanhã não gosta de ver ninguém bem Hoje é que é o dia do presente O dia é sábado. Impossível fugir a essa dura realidade Neste momento todos os bares estão repletos de homens vazios Todos os namorados estão de mãos entrelaçadas Todos os maridos estão funcionando regularmente Todas as mulheres estão atentas Porque hoje é sábado. "Vinicius de Moraes avisa:pro Nathan, qualquer dia é poesia. beijos.. rosa

June 28, 2006 10:53 AM  
Anonymous Daniela Ioppi said...

Será a melancolia, a lágrima,
a dor contida....
ou a euforia da descoberta
de um novo enigma,
escondido ali
no cantinho
de um novo verso,
que anima a ti,
a nós,
esses seres
de100nosados que
alguns mais sábios
chamam de poetas?

PS: é uma pergunta humilde que pede resposta...
Um abraço,
Daniela

June 29, 2006 7:45 PM  
Blogger Sonetos & Rabiscos said...

Daniela,
estamos sempre em busca de algo diferente, algo mágico, algo poesia.
Para isso, às vezes mergulhamos na melancolia que, geralmente, vem acompanhada da euforia de um novo sonho.
Beijo,

June 30, 2006 7:22 AM  

Post a Comment

Links to this post:

Create a Link

<< Home