Monday, October 02, 2006

Parabéns ( De Verdade ) ao Brasil! Parabéns ao Povo Brasileiro!


© Nathan de Castro


Parabéns à burguesia acomodada,que tem
no guarda-roupas a última moda para as
quatro estações, troca de carro todo
final de ano e precisa da miséria à sua
volta, para bater no peito e dizer: “
__ Eu faço meu trabalho social.
Eu ajudo aos pobres...” “Eu...”
Parabéns à burguesia de curta memória,
que não sabe ler a falsidade de um sorriso,
que não sabe ouvir o tom dissimulado das
vozes dos que têm sede de poder,
e que não presta atenção no nervosismo das
mãos, capazes de qualquer coisa para galgar
mais um degrau de escadas...Parabéns à
burguesia incompetente, que não sabe gerir
os seus negócios sem os braços amigos do Estado.
Parabéns à burguesia feliz com o seu contra-cheque
recheado de verbas e vantagens, mas que vota
contra um governo que elevou o salário mínimo
de 60 para 140 dólares em menos de quatro anos.
( Tão pouco, mas se continua nesse ritmo... )
Parabéns à burguesia internauta que passa horas
e horas à frente de um microcomputador, enviando
mensagens de todos os tipos, sequer se importando
com a veracidade das informações, única e
exclusivamente para garantir o seu individualismo,
e a favor do radicalismo incompetente que já foi
e nada fez.
Parabéns à burguesia preconceituosa, que não
aceita um trabalhador como presidente,
mas admite votar em candidatos, comprovadamente,
corruptos.

Finalmente, parabéns! Parabéns de verdade!

Parabéns ao nosso Brasil que, ontem,
mostrou ao mundo o que vem a ser uma eleição
democrática, rápida e sem falcatruas; e
parabéns, de verdade, ao povo brasileiro que,
em sua maioria,soube valorizar o seu voto.

5 Comments:

Anonymous Anonymous said...

Cada dia me surpreendo mais e mais com os poemas e sonetos deste ser humano...
Agora, um brasileiro, despertando nossas mentes, nos fazendo ver o que tantos quizeram esconder...
Nathan, obrigada por sua voz que ecoa em suas letras...
PARABÉNS A NÓS, POR TERMOS TANTOS BRASILEIROS ASSIM...
COMPROMETIDOS.
BJUS VIRGÍNIA A FÊNIX

October 04, 2006 2:33 PM  
Anonymous Ana Carla said...

eita, Nathan!

vc, hein??
fico um tempo sem ler aqui,
e leio isso....

parabéns pra nós,que podemos vir aqui e restaurar as forças, bebendo deste seu poeta,
tão eclético,
que fala das dores e sabores do tal amor(oxalá um dia eu conheça o tal heheheh,
do futebol,
da natureza,
da política,

hummmm..... muito bom!!!


beijo, querido

October 08, 2006 7:53 AM  
Anonymous Anonymous said...

Desculpa, pela invasão. Ah pouco descobri essa paixão, invadir blogs, principalmente, se são de poetas.

Adorei o que escreveu. Se, pelo menos, o povo visse tudo assim tão claro.
Eles (a burguesia) de certa forma (seguindo a visão deles) estão certos, se preocupam com seus interesses. O pior é o pobre que não consegue nem ver o que é melhor pra si.

Quem sabe um dia..

Ah, deu um orgulho de ser mineirinha..

Abraço!!!

October 09, 2006 2:51 PM  
Blogger Sonetos & Rabiscos said...

Mineirinha,
felizmente, não todos os burgueses estão enquadrados. Muitos têm consciência e sonham com um país melhor.
Abraço,

October 09, 2006 6:49 PM  
Anonymous Anonymous said...

Ai, claro, não são todos. Mas, infelizmente, a maioria.
Mesmo assim espero que esses poucos façam a diferença.

Abraço!
E, denovo, adorei suas poesias!!

October 12, 2006 11:16 AM  

Post a Comment

Links to this post:

Create a Link

<< Home