Monday, August 14, 2006

Sossegue, Coração!


© Nathan de Castro


Sossegue, coração!... Deixe a poesia
brincar nas coronárias machucadas
e não se entregue à eterna melodia
dessas tolas paixões desesperadas.

Sossegue, coração!... Não suba escadas
saltando por degraus... A arritmia
é o fruto dessas pressas inventadas,
para cumprir momentos de euforia.

Sossegue, coração!... O olhar da Estrela,
distante, nem percebe o descompasso
e segue iluminando outros espaços...

Sossegue, coração, quero revê-la!
Não mude os sons e o ritmo dos passos,
nem pare de bater antes do abraço.

5 Comments:

Blogger Livre Expressão da Lucilaine said...

Nathan,

Dá pra ver que passo aqui sempre que posso, não é mesmo?
Só queria dizer que ficou maravilhoso esse soneto e a música bem escolhida e meu coração sentiu até uma ponta de inveja dessa musa inspiradora. Ela tem que existir, não pode ser apenas fruto da imaginação, penso eu. Ou sou eu a entender tão pouco de sonetos e poesias? Não é tudo que a gente sente lá no fundo da alma? Acredito que sim, mas, na verdade não tenho uma definição.

Sossegue coração...fique tranquilo e vá revê-la.

Admiro tudo que tenho lido do seu trabalho!
Beijo,
Lu

August 14, 2006 12:30 PM  
Anonymous Nádia Diniz said...

Nathan,
Adorei este soneto....como você consegue transcrever com tanta graça e simplicidade? Esta é a diferença que existe entre os artistas e as pessoas comuns!!!!!Só pode ser isto.....me desculpe não quero dizer aqui que as pessoas comuns não sejam também artistas.São artistas em outros palcos....rsrsrsrsr abração
Nádia

August 17, 2006 11:10 AM  
Blogger LuaSempreCheia said...

Olá Nathan,
Adorei seu soneto Sossegue Coração em especial essa parte...
Sossegue, coração!... O olhar da Estrela,
distante, nem percebe o descompasso
e segue iluminando outros espaços...

Beijos com meu Carinho...

August 17, 2006 8:03 PM  
Anonymous doroty.dimolitsas said...

Boa noite meu amigo Nathan
eu gostaria de
escolher um poema.
Para falar, no entanto lendo seus poemas
tenho a dizer que
gostei de todos.
Você consegue com graça e harmonia criar um poema,que mexe com nossa emoção
Tenha uma boa noite Abraços da amiga Dora

August 17, 2006 8:34 PM  
Anonymous Izabel T. da Rosa said...

Não tenho mais nem palavras NATHAN. A cada nova produção que leio me encanto mais e mais.
Só tive um objetivo ao ler hoje esse seu texto: quero sossegar o meu coração.
Beijo meu amigo lindo...

August 20, 2006 4:42 PM  

Post a Comment

Links to this post:

Create a Link

<< Home